Consulte o acervo da Revista Pellegrino utilizando a busca.

“Você pode vim?” ou “você pode vir?”

“Você pode vim?” ou “você pode vir?”

02/07/2013

Você nem precisa vim aqui pra retirar as peças: a gente manda entregar. Você as receberá em 15 minutos.

O que está errado no que é dito acima? No conteúdo, nada. Aliás, não há nada mais certo e cômodo para o cliente do que receber “em casa” aquilo que comprou. Melhor: em apenas 15 minutos. Mas aí há, sim, um erro de arrepiar os cabelos. O problema está na conjugação do verbo vir.

De uns tempos pra cá, virou moda, numa situação como essa acima, substituir esse verbo no infinitivo (forma verbal que relata a ação de modo geral), ou seja, vir, pelo mesmo verbo vir gente manda entregar. Você as receberá em 15 minutos. O que está errado no que é dito acima? No conteúdo, nada. Aliás, não há nada mais certo e cômodo para o cliente do que receber “em casa” aquilo que comprou. Melhor: em apenas 15 minutos. Mas aí há, sim, um erro de arrepiar os cabelos. O problema está na conjugação do verbo vir. De uns tempos pra cá, virou moda, numa situação como essa acima, substituir esse verbo no infinitivo (forma verbal que relata a ação de modo geral), ou seja, vir, pelo mesmo verbo vir, mas conjugado na primeira pessoa do singular no pretérito perfeito (passado), ou seja, vim (Eu vim).

Trocando em miúdos, para ficar nos trinques, a frase precisaria ser dita (e escrita) da seguinte forma: Você nem precisa precisa vir aqui pra aqui pra retirar as peças...

Lidar com vir parece complicado porque ele é um verbo irregular (e da 3ª conjugação: aqueles terminados em ir, como rir, pedir, ouvir). Verbo irregular é aquele cujo radical sofre modificação nas várias conjugações. Nos verbos regulares, o radical não varia, o que nos ajuda a lembrar a conjugação correta. No verbo regular vender, por exemplo, o radical vend aparece sempre firme e forte.

Veja este exemplo no indicativo presente: Eu vend-o, tu vend-es, ele vend-e, nós vendemos, vós vend-eis, eles vend-em. Já no irregular vir , isso não acontece. Exemplo: Eu venho, tu vens, ele vem, nós vimos, vós vindes, eles vêm.

Veja mais alguns exemplos:

Errado

Você pode vim.

Ela não consegue vim antes das 8h.

Certo

Você pode vir.

Ela não consegue vir antes das 8h.