Longevidade é questão de planejamento

Longevidade é questão de planejamento

15/07/2019

Por Antonio Carlos

Sua empresa é ou já começa a ficar longeva? Quando você a fundou, tinha em mente uma ideia, mesmo que vaga, de quanto tempo ela iria durar? E agora, passados todos esses anos, você parou para avaliar quantos anos ela ainda tem pela frente?

A realidade que conhecemos neste mundo é finita. Começa aqui e termina ali. Isso se aplica a tudo e a todos. Portanto, não há como escapar do fato de que, por mais bem gerenciada que seja a sua empresa, por mais amor e dedicação que você tenha por ela, um belo dia ela vai acabar, pelo menos do jeito que ela é hoje, podendo se transformar em outra coisa até melhor, com outro conceito e até outra finalidade.

Por que eu disse tudo isso? Porque, apesar de a realidade ser nua, crua e, às vezes, cruel, ela pode ser, digamos, domada com alguns truques de mágica. Que mágica é essa? A mágica que combina planejamento e atitudes proativas constantes em relação ao que vem pela frente, adotando-se uma política voltada à inovação. A Matéria de Capa desta edição traz boas dicas de como deixar seu negócio antenado e em dia com as tendências do mercado.

Quem é do ramo está sempre atrás de alternativas (algumas delas novidadeiras e pouco eficientes, vamos admitir) para incrementar as vendas. E muitas vezes esquecemos de medidas eficientes e bem a nosso alcance. Uma delas é dar aquele trato na organização do estabelecimento, tornando o ambiente agradável para clientes externos e internos. O resultado é maior produtividade e, claro, vendas mais robustas. Confira na seção Vitrine.

Esta edição traz também um assunto espinhoso que nem todos gostam de olhar de frente: o desafio que é em nosso país dar conta das obrigações tributárias. Mas não há como escapar. Para fugir de dores de cabeça sem fim, o ideal é um bom planejamento e uma gestão rigorosa. Algo escapou do controle? Será necessário fazer sacrifício para recolocar tudo nos eixos. E poder dormir tranquilo. Veja em Gestão.

Outro assunto do qual muitos preferem distância é garantia para produtos e serviços. Leia na seção Mercado. Como todos sabem, a garantia é um direito do consumidor regulamentado por lei. E além dessa há também a garantia extra oferecida pelos fabricantes. Mas por que encarar a garantia como pura “dor de cabeça”? Obviamente, o procedimento requer alguns cuidados e providências que tomam algum tempo da loja. Mas, se pensarmos bem, veremos que ela é, antes de tudo, um diferencial em termos de qualidade do atendimento e uma excelente oportunidade para fidelizar clientes.

Boa leitura.