Consulte o acervo da Revista Pellegrino utilizando a busca.

APOIO CERTO

Could not connect to Mailchimp

APOIO CERTO

25/11/2016

Ajudar instituições de Curitiba e região já faz parte da rotina da Ivaiporã Auto Peças

 

Por Regina Ramoska

 

Só quem vive o cotidiano de instituições filantrópicas sabe o sufoco que é fechar o mês – para muitas, é raro isso acontecer. Se despesas com aluguel da sede e de contas básicas como água e luz já pesam, imagine quando algum acolhido tem algum problema mais sério e imprevisto, como a necessidade de medicamento de alto custo.

A maioria das entidades, ainda que receba um subsídio aqui e acolá do poder público, depende do apoio de pessoas físicas e empresas como a Ivaiporã Auto Peças, em Colombo, no Paraná, para sobreviver e dar continuidade ao trabalho.

O proprietário Edmundo José Junges analisa a seriedade e necessidade das instituições antes de colocar a contribuição no planejamento financeiro fixo. Há três anos colabora com seis entidades de Curitiba, Pinhais e região, que cuidam desde crianças com câncer até idosos sem família ou recursos. “É um dinheiro certo com o qual eles podem contar e importante também quando há imprevistos, como a urgência na compra de um leite especial, fraldas para os idosos etc.”, avalia.
 


Edmundo
 

Onde se acha tudo

A Ivaiporã Auto Peças foi fundada há 18 anos pelo tio de Edmundo, que, quando começou a planejar a aposentadoria, viu no sobrinho, que trabalhava na Fiat, o melhor sucessor. Com uma equipe de 13 empregados, a empresa tem a chancela de ser o local onde se acha tudo. “Existem muitos carros antigos na região, e nos preocupamos em ter estoque de peças que atenda a esse público”, afirma o empresário, que toca o negócio há seis anos.

Com cerca de 200 mil habitantes e a maior colônia italiana do Paraná, Colombo faz parte da região metropolitana de Curitiba e tem sua economia apoiada em indústrias extrativistas de cal e calcário e na agricultura, com destaque para a produção de uva. O turismo rural também atrai muitos turistas, que se deliciam conhecendo as vinícolas e fazendas da região.